• Facebook: ifscitajai
  • Twitter: ifscitajai

Banner

Home
Banner
Inicio
Circuito FAM de Cinema reúne mais de 500 participantes em Itajaí

De 17 a 24 de maio, o Câmpus Itajaí do IFSC exibiu uma série de filmes e documentários premiados no festival de cinema Florianópolis Audiovisual do Mercosul (FAM) de 2015. Mais de 500 pessoas assistiram aos filmes em cinco dias de exibições. Além de servidores e alunos do IFSC, as exibições contaram com a participação da comunidade externa como das escolas Prefeito Alberto Werner, Avelino Werner, José Potter, Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) e do Lar Fabiano de Cristo.

Leia mais...
 
Laboratório do IFSC identifica ficotoxinas no litoral catarinense e Cidasc proíbe comercialização de moluscos

O Laboratório Oficial de Análise de Resíduos e Contaminantes em Recursos Pesqueiros (Laqua-Itajaí/Renaqua), que funciona no Câmpus Itajaí do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), identificou a presença da toxina diarréica – DSP, sigla em inglês para Diarrhetic Shellfish Poisoning, em cultivos de moluscos bivalves em Florianópolis, Palhoça, Governador Celso Ramos, Bombinhas, Balneário Camboriú e Penha. Por conta dos riscos de intoxicação alimentar, a Secretaria de Estado da Agricultura e Pesca e a Cidasc estabeleceram, nesta quinta-feira (26), a interdição preventiva das áreas de cultivo de moluscos bivalves, proibindo a retirada, a comercialização e o consumo de ostras, vieiras, mexilhões e berbigões no estado.

Leia mais...
 
Laqua completa quatro anos de atividades

Em 24 de maio de 2012, o Ministério da Pesca designou o laboratório do Câmpus Itajaí como Laboratório Oficial de Análise de Resíduos e Contaminantes em Recursos Pesqueiros (Laqua). O órgão é o responsável por monitorar a presença de toxinas em moluscos bivalves em áreas regulamentadas no estado. Um trabalho fundamental para garantir a segurança alimentar de quem consome ostras e mexilhões. Em quatro anos de trabalho, já foram realizadas mais de seis mil análises.

Leia mais...
 
Projeto promove aulas de consciência ambiental em escolas

O Núcleo de Educação Infantil Sementes do Amanhã de Balneário Camboriú foi uma das escolas que recebeu as oficinas de educação ambiental do projeto de extensão “Aprendendo com o Mar” do Câmpus Itajaí. “Por ser uma escola da educação infantil, nós trabalhamos o tema de uma forma bastante lúdica. Através de um teatro, contamos a história de uma tartaruga que ficou doente por ter ingerido plástico descartado no mar”, explica uma das coordenadoras da atividade, professora Renata Acauan.

Leia mais...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Para visualizar PDF você precisa do Adobe Reader: Clique aqui para baixar.