• Facebook: ifscitajai
  • Twitter: ifscitajai

Banner

Home
Palestra aborda como o conhecimento científico explica o universo PDF Imprimir E-mail

Quando se fala de astronomia é comum ouvir questionamentos sobre a idade do universo, se ele é vazio, estático, eterno e infinito. Essas são perguntas que já eram feitas no início do século XX, mas que ainda costumam povoar o senso comum. O professor do câmpus São José do IFSC Marcelo Schappo respondeu essas e outras perguntas na palestra que ministrou sobre astronomia no último dia 26 em Itajaí. “A ciência tem muitas respostas. Em 1925, Edwin Hubble e Hendrietta Leavitt conseguiram ver, pela primeira vez, o que eles chamaram de “nebulosa”, uma galáxia muito maior do que a nossa. O que demonstra que o universo não é vazio. Hoje estima-se que hajam um trilhão de galáxias cada uma com centenas de bilhões de estrelas. A ciência também conseguiu estimar a idade do universo que é de 13,7 bilhões de anos.”



Ao falar sobre a origem do universo, o professor lembrou a teoria do Bing Bang. “Após a explosão primordial, formaram-se os primeiros átomos de Hidrogênio, Hélio e Lítio. Quanto à composição do universo sabemos que 4% é formado por matéria ordinária, 22% de matéria escura e 74% de energia escura.”




Após a palestra, dois telescópios foram instalados no câmpus para que os participantes pudessem observar os astros.



A atividade faz parte do projeto de extensão "astro&física" do câmpus São José que promove eventos de divulgação científica sobre temas de física moderna e astronomia.



Por Beatrice Gonçalves / Jornalismo IFSC

 

Para visualizar PDF você precisa do Adobe Reader: Clique aqui para baixar.