• Facebook: ifscitajai
  • Twitter: ifscitajai

Banner

Home
Todos os ingressantes por sistema de cotas com baixa renda terão bolsa auxílio PDF Imprimir E-mail
Seg, 05 de Março de 2018 11:26

A concessão de bolsa auxílio será compulsória de R$ 120,00 por três meses para todos os alunos ingressantes pelo Sistema de Cotas em cursos presenciais e que tenham renda inferior a um salário mínimo e meio. A decisão foi tomada no último dia 26 em reunião do Conselho Superior (Consup) do IFSC. Segundo a diretora de Assuntos Estudantis, Girlane Bondan, verificou-se que muitos alunos tinham dificuldades de iniciar as aulas sem recursos financeiros. Por isso, foi decidido pelo auxílio inicial, que o aluno poderá manter ou aumentar após o prazo de três meses.




A aprovação ad referendum foi necessária para que os alunos ingressantes já no primeiro semestre de 2018 pudessem ser beneficiados. Ou seja, as mudanças foram aprovadas pela reitora Maria Clara Kaschny Schneider e, agora, foram confirmadas pelo Consup, que é o órgão máximo de decisões do IFSC.


Outras mudanças foram a extensão de 10 para 11 parcelas anuais do Auxílio Permanência e o auxílio compulsório destinado a estudantes inscritos no CadÚnico, os matriculados em cursos de educação de jovens e adultos e os matriculados em cursos que façam parte de ações voltadas a públicos estratégicos.


“A atualização foi feita em conjunto, ouvindo representantes dos alunos, gestores e núcleos pedagógicos, além de capacitação inicial e estudo de outras instituições da região Sul”, destaca Girlane. A reitora destacou que os alunos beneficiados têm o compromisso em manter a frequência escolar para continuar recebendo as bolsas. “Temos um estudo mostrando que 90% dos alunos que recebem bolsa não abandonam seus cursos”, explica.


Veja todas as mudanças na matéria publicada no portal do IFSC em janeiro.


Durante a reunião, também foram debatidos outros temas importantes para o IFSC. Veja a gravação, na íntegra, da transmissão ao vivo realizada pela IFSCTV.

 

Para visualizar PDF você precisa do Adobe Reader: Clique aqui para baixar.